Adaptação da Semana: “CreepShow”

Título original: Creepshow
Adaptação dos contos: The Crate (The Crate, 1979), Weeds (Weeds, 1976)
Gênero: Terror
Duração: 120 minutos
Data de lançamento: 12/11/1982
Direção: George A. Romero
Elenco: Ted Danson, Ed Harris, Leslie Nielsen, Stephen King
Roteiro: Stephen King
Produção: Laurel Show (Warner Bros)
IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0083767

TRAILER

SINOPSE

Dirigido por George A. Romero (mais conhecido por ser um dos precursores das histórias sobre zumbis), “CreepShow” é, na verdade, uma coletânea de cinco histórias, baseadas em contos de Stephen King e roteirizadas pelo próprio King (que também se aventura a atuar, como protagonista em “A Morte Solitária de Jordy Verrill”). Na primeira delas, “Dia dos pais”, Nathan Grantham (Jon Lormer) é um senhor de idade que após 7 anos volta do mundo dos mortos para comer o bolo de dia dos pais e levar a cabo sua vingança contra Bedelia, sua filha ingrata que poucos sabem que o matou 7 anos anos antes.

C002

Em “A Morte Solitária de Jordy Verrill” (adaptação baseada no conto “Weeds”, originalmente publicado em Maio de 1976 na revista Cavalier) Stephen King interpreta Jordy Verril, um fazendeiro meio abobado que, após a queda de um meteoro em seu quintal, passa a procurar uma maneira de ganhar dinheiro com aquela estranha pedra. Jordy pensa em vender o meteoro por $200,00 para conseguir pagar suas dívidas, mas vê seus planos frustrados pelo estranho desenrolar de sua história, já que algo muito macabro começa a acontecer após ele tocar na pedra.

Na terceira história, “Indo com a Maré”, Richard Vickers (Leslie Nielsen) é um marido traido que busca vingança enterrando a esposa, Rebecca (Gaylen Ross) e seu amante, Harry Wentworth (Ted Danson) na praia, deixando apenas seus pescoços de fora, para que a maré alta se encarregue do restante do trabalho. O que Vickers não esperava era que sua vingança talvez acabasse não saindo como o planejado.

C003

Na quarta história, “A Caixa” (baseada no conto “The Crate”, publicado originalmente em Julho de 1979 na revista Gallery) Mike (Don Keefer) é um zelador de uma universidade que entra em contato com o professor Dexter Stanley (Fritz Weaver), informando-o sobre o achado de uma misteriosa caixa de 1834, debaixo de uma escada no prédio da universidade. Ao abrirem a caixa eles encontram algo que colocará suas próprias vidas em risco.

Na última história, “Vingança Barata”, Upson Pratt (E.G. Marshall), um milionário excêntrico que tem mania de limpeza e que odeia do fundo do seu coração as baratas. O que Pratt não esperava é que logo seu apartamento estaria infestado delas e ele teria que enfrentar sua fobia bem de perto.

CURIOSIDADES

  • Inicialmente Max von Sydow seria o intérprete do personagem Upson Pratt no segmento “Vingança Barata”.
  • Castle Rock, cidade ficticia criada por Stephen King, faz uma pequena “ponta” no fim da segunda história, quando podemos ver uma placa com o nome da cidade escrito.
  • O garoto que interpreta Billy no prólogo do filme é ninguém mais ninguém menos do que Joe Hill, filho de Stephen King e autor de livros e contos de terror/suspense.
  • Vermes de verdade foram usados para simular os vermes que aparecem no cadáver da primeira história.
  • Apesar da insistência para que usasse um dublê de corpo, foi o próprio E.G. Marshall quem fez a cena em que é coberto por baratas no segmento “Vingança Barata”.
  • Em “A Caixa” há dois personagens chamados Tabitha e Richard. Os nomes são familiares para os mais atentos, já que são referências a Tabitha King (esposa de Stephen King) e Richard Bachman, pseudônimo usado pelo autor em algumas ocasiões.
  • King levou aos sets de filmagens um boneco do personagem Greedo, de Guerra nas Estrelas (1977), para dar sorte.
  • Antes do lançamento de Creepshow nos cinemas os produtores fizeram com que o diretor George A. Romero retirasse 10 minutos de sua duração original.
  • A versão italiana de Creepshow exibiu apenas 4 histórias. “A Morte Solitária de Jordy Verrill” ficou de fora. O mesmo aconteceu na versão alemã, que deixou de fora o segmento “A Caixa”.
  • O filme ainda teve duas continuações: Creepshow 2, de 1987 e Creepshow 3 de 2006.
  • O orçamento total do filme foi de 8 milhões.

Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

Deixe seu comentário