Adaptação da semana: Um Sonho de Liberdade (1994)

The_Shawshank_Redemption

Título original: The Shawshank Redemption

Gênero: Drama

Duração: 144 min

Ano de lançamento: 1994

Direção: Frank Darabont

Produção: Nikki Marvin

Roteiro: Frank Darabont

Música: Thomas Newman

Orçamento: 25 milhões de dólares

Elenco: Tim Robins (Andy Dufresne), Morgan Freeman (Ellis Boyd Red)

Trailer

Resenha

O filme se inicia no tribunal, durante o julgamento de Andy Dufresne, um bancário que é o principal suspeito de matar a esposa e o amante. Andy diz que é inocente, porém está calmo e frio durante todo o julgamento o que ajuda na decisão do juiz: duas condenações a prisão perpétua, uma para cada homicídio.

Condenado, Andy vai para a prisão de Shawshank, onde no início se sente meio perdido, porém, diferente da maioria dos novatos, ele não chora ou grita pela mãe na primeira noite. Ele é calmo, calado.

Talvez por isso enfrenta ligeiramente bem seu primeiro desafio na prisão: fugir das bichas que o querem de qualquer maneira. Ele apanha freqüentemente, mas ainda continua sendo o mesmo homem tranqüilo.

Em Shawshank ele conhece Red, o homem que faz contrabando dentro da prisão, desde cigarro, maconha, até a pôsteres de atrizes e chicletes.

Com o passar do tempo, ele realiza várias conquistas, tanto para os prisioneiros em si, quanto para os guardas.

A primeira delas são três cervejas para cada prisioneiro que estava trabalhando na reforma do telhado. Consegue isso quando dá a solução para o chefe dos guardas com relação a um dinheiro de herança que recebe e que não gostaria que impostos fossem descontados dele.

Andy se mostra cada vez mais um homem diferente dos demais. A primeira coisa encomendada a Red é um martelo para rochas, pois tem o hobby de esculpir pedras. Com o tempo, ele consegue a simpatia dos prisioneiros e favores dos guardas e chega até a trabalhar diretamente para o diretor.

Além disso, ele ainda jura ser inocente – como todos os outros prisioneiros – e não perde algo que parece inexistente no local: esperança.

Crítica

Um Sonho de Liberdade é uma adaptação do conto de King em Quatro Estações: Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank. Como eu já disse anteriormente, o Quatro Estações é uma coletânea de contos que não são propriamente de terror.

É claro que a vida em uma prisão pode ser considerada uma ótima história de terror, porém Um Sonho de Liberdade vai além disso.

Ele nos mostra como a esperança, ainda viva em um homem, pode fazer com que ele suporte grandes desafios. O filme nos fala de determinação e amizade e também do medo. Não medo da prisão em si, mas em casos específicos, medo do mundo lá fora.

Não é a toa que foi, e ainda é, um grande sucesso, rendendo sete indicações ao Oscar.

Frank Darabont mais uma vez faz um ótimo trabalho como diretor em adaptações do King. Pra quem gostou do filme e ainda não leu o conto, é altamente recomendado. Particularmente, não tinha visto o filme até hoje, para fazer essa resenha e gostei muito do que vi. É uma adaptação bem fiel e consegue carregar as emoções dadas ao ler o conto, como raiva, alguns momentos de felicidade e tristeza.

Votado como o melhor filme de drama no IMDb, Um Sonho de Liberdade me conquistou mais uma vez, anos após ter lido o conto. Altamente recomendado.

Curiosidades

  • A American Humane Association (que controla o uso de animais em filmes) acompanhou a filmagem de cenas envolvendo o corvo de Brooks. Durante a cena em que ele alimentou o pássaro com uma larva, a AHA se opôs, alegando que foi cruel para a larva, e exigiu que eles usassem um verme que tinha morrido de causas naturais. Um deles foi encontrado, e a cena foi filmada.
  • Na história original de Stephen King, Red é descrito como um irlandês branco. No filme, eles deixaram a fala: “Talvez seja porque eu sou irlandês.”, como uma piada, mesmo depois de terem lançado Morgan Freeman como Red.
  • As fotos de Morgan Freeman jovem que são mostradas nos seus papéis de condicional são imagens do filho mais novo de Morgan, Alfonso Freeman. Alfonso também teve uma participação especial no filme como um prisioneiro gritando “Peixe fresco! Peixe fresco hoje! Vamos pescar o pessoal!”
  • Stephen King vendeu os direitos para o filme muito mais barato do que costuma por causa de sua amizade com Frank Darabont. Eles haviam se tornado amigos quando Darabont adaptou um conto de King, chamado “Woman in the Room” – “A Mulher no Quarto” (King tem uma política afirmando que qualquer aspirante a cineasta pode adaptar seus contos por um dólar) e King ficou impressionado. Depois disso quase não se falaram, até Darabont contatá-lo dizendo que gostaria de adaptar The Shawshank Redemption.
  • Apesar de um sucesso muito modesto nos cinemas, tornou-se uma das maiores locações de vídeo de todos os tempos.
  • No final do filme, há uma dedicação a Allen Greene. Ele era agente de Frank Darabont e também um grande amigo pessoal. Morreu pouco antes da conclusão do filme devido a complicações de AIDS.
  • O papel de Andy Dufresne foi originalmente oferecido a Tom Hanks, que não pôde aceitar devido a conflitos de agenda com Forrest Gump. Hanks, no entanto, veio a trabalhar no próximo filme de Frank Darabont, À Espera de um Milagre.
  • Na cena em que Andy chega à biblioteca como assistente e o corvo de Brooks, Jake, está gritando, Tim Robbins tinha de ter um tempo certo para dizer: “Ei, Jake. Onde está Brooks?”, de modo que o corvo não gritasse enquanto falava, uma vez que a ave não poderia ser treinada para gritar na hora. Robbins foi capaz de se adaptar a fala perfeitamente e de aprender os padrões do pássaro em gritar, fazendo com que o diretor Frank Darabont o elogiasse. A improvisação de Robbins é perceptível, e podemos ver que quando ele entra na sala e caminha até o corvo, ele espera um breve momento até o grito, enquanto o pássaro está olhando para ele, e depois prossegue com sua fala.
  • Red, em uma cena, diz que não tem idéia do que as senhoras estão cantando. Na verdade, a música conta que elas estão redigindo uma carta ao marido de uma delas, convidando-o para um encontro, a fim de expor sua infidelidade.
  • A cena final foi filmada nas Ilhas Virgens dos EUA no Caribe, mas no filme é suposto ser o Oceano Pacífico.
  • Buxton, onde Andy diz que propôs a sua esposa e enterrou o “tesouro” para o Red debaixo da árvore, é uma cidade real no Maine, cerca de 15 quilômetros à oeste da maior cidade do Maine, Portland, onde Andy era um banqueiro.

A partir daqui, as curiosidades podem conter spoilers:

  • Após Andy escapar, o diretor quer questionar Red. Quando eles abrem as celas, gritam, “Abram a 237!” Este é o mesmo número do quarto assombrado em O Iluminado e da quantidade de moedas ($ 2,37) que quatro rapazes em Conta Comigo recolhem entre eles.
  • Zihuatanejo, o paraíso mexicano onde Andy e Red vão depois da prisão, realmente existe. É uma cidade turística na costa do Pacífico, no estado de Guerrero. Mas em 1966, quando Andy escapou, ainda era uma pequena vila de pescadores que corresponde como Andy descreveu pela primeira vez a Red.
  • Red diz que Andy fugiu em 1966. Este foi o mesmo ano do caso Miranda versus Arizona, onde foi decidido que o réu deve ser informado dos seus direitos (ou seja, direito de permanecer calado, direito a um advogado, etc), quando colocado sob custódia. É por isso que no final do filme, quando prendem o Capitão Hadley (Clancy Brown), o oficial está lendo os direitos a partir de um pedaço de papel.
  • Quando Warden Norton abre o seu cofre de parede perto do final do filme, ele abre a bíblia de Andy na primeira página do livro do Êxodo (que narra a história da fuga dos judeus do Egito). Êxodo é também onde Andy começou a cortar as páginas para esconder seu martelo de rocha durante inspeções no bloco.
  • A parede de pedra, onde o tesouro de Red está enterrado foi construída especialmente para o filme e está de pé até hoje. Foi construída à mão pelo departamento de arte meses antes. Isto possibilitou que a grama de alfafa crescesse para parecer mais antiga.
Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

35 Responses to “Adaptação da semana: Um Sonho de Liberdade (1994)”

  1. @cyberlivingdead disse:

    “Conta Comigo”, poxa…Darabont tem uma mira muito boa! Sempre que pega um texto do King e o desenvolve coisas fantásticas acontecem! Esse filme é de uma beleza tão grande.

  2. RafaeL\\\' disse:

    acho que não há palavras que possam contar o que esse filme representa não só pra mim,mas pra TODOS os kingManíacos:
    um dos melhores filmes da história,sem exagero!

  3. RafaeL\' disse:

    acho que não há palavras que possam contar o que esse filme representa não só pra mim,mas pra TODOS os kingManíacos:
    um dos melhores filmes da história,sem exagero!

  4. RafaeL' disse:

    “a AHA se opôs, alegando que foi cruel para a larva”
    Cara,lendo isso eu não sei se dou risada ou se fico PUTO DA CARA!!!
    esses defensores de animais e suas frescuras !!

  5. leonardo disse:

    JÁ PERDI AS CONTAS DAS VEZES QUE EU ASSISTI ESSE FILME SIMPLESMENTE É SENSACIONAL!!!

  6. Rodrigo disse:

    Excelente filme! Quem realmente assiste sabe, impossível ver apenas uma vez! Bom demais ver e rever.

  7. Miltom disse:

    Tenho esse filme gravado, assisto um vez por mês. Eh uma fonte de inspiração. Um dos maiores filmes da história.

  8. Lurinei disse:

    Já assisti esse filme várias vezes ! Um dos melhores filmes que já assisti! Simplesmente sensacional!!

  9. Adriana disse:

    Filme maravilhoso,excelente mesmo já vi varias vezes .

  10. antonio carlos disse:

    O melhor filme do seculo 20. Eu particularmente, perdi as contas de quantas vezes assisti o filme … simplesmente adoro!

  11. um dos melhores que intilulo muito inspirado acreditar nos sonhos , e a esperança é uma coisa boa e as coisas boas nao podem morrer.
    muito inspirador nao sei quantas vezes ja assisti cheguei ate compra-lo

  12. David Andrade Monte disse:


    Alguns filmes tornam-se ETERNOS -, vão além do seu tempo; permanecem atuais e atemporais…

    David Andrade Monte.’.
    Goiânia-GO

  13. miramar disse:

    Vejo sempre pela tevê a cabo,no tcm espetacular,podemos não alcançar tudo que almejamos,mas a esperança nos faz ter o sopro de vida e é a única coisa que nao podem tirar de nossa alma.melhor filme do século,e amo Morgan freeman,com sua melhor atuação.sensacional,espirituoso e sempre atual.amooo

  14. pedro disse:

    sempre que este filme é exibido na televisão, assito.
    já o fiz varias vezes. queria saber se tratar de historia
    verídica. ou ficção.

  15. Edilton Nunes Edilton disse:

    Trata-se de ficção mesmo Pedro.

  16. Enio disse:

    Uma das coisas que me marcaram que Morgan Freeman falou:
    Aqui fora se vive com medo, uma grande verdade neste mundo depois que chegamos aos 50 anos de idade vivemos com medo da vida, medo de morrer, de perder a esposa de ver seus filhos sofrerem, de perder os filhos, de ficar doente, de ser assaltado, de perder seu sustento de vida, de não conhecer seus netos, de deixar seus filhos neste mundo de merda…..

  17. Leila disse:

    Filme maravilhoso, sempre assisto, acho que assisti umas vinte vezes, um dos melhores que assisti. Os atores estão impecáveis, Morgan, Tim são ótimos.
    Filme que nos dá esperança de ver o bem triunfar! Aquele diretor …o ator está muito bem no papel, da até vontade de fuzilar o cara.
    Enfim, falar o que de um filme tão sensacional, onde junta todos os elementos: suspense, amizade, esperança, justça e etc.

  18. Renato disse:

    Acabei de assistir esse filme. SENSACIONAL! Assisto esse filme desde pequeno e sempre me emociono.

  19. Jean disse:

    Excelente filme! Penso que o Oscar é um premio insignificante para este filme, simplesmente magnífico e fantástico. Uma relíquia!!!!!

  20. Alicia Jaramillo disse:

    Um dos atores que eu gosto de ver filmes diferentes é Morgan Freeman e este não é o excepecion. Seu caráter é certamente um exemplo de sucesso no cinema, desde que nos surpreendeu com seu desempenho e este é um exemplo.

  21. Jorge Mendonça disse:

    Realmente um filmaço, mas em minha opinião está um pouco abaixo de “A Espera de um Milagre”.

  22. Ramon Salarini disse:

    Melhor filme que já vi!!

  23. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Também é um dos melhores que eu já vi.

  24. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Acho que ambos estão no mesmo nível.

  25. João Cesar disse:

    Um filme ótimo, com um enredo inteligente, racional e emocionante, que nos mostra facetas sobre o ser humano num sentido bem real,além de ser uma lição de amor,amizade,arrependimento, solidariedade e o mais gostoso….a astúcia intelectual de Andy Dufresne.
    Adorei!!!

  26. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Um dos melhores, na minha humilde opinião João. Abraço e obrigado pela visita!

  27. Dag disse:

    Um filme maravilhoso, e que liberdade, o ator Andy teve sua liberdade sensacional. Incluindo para aqueles que cumpriam pena, pelo menos tiveram a chance de pagar pelos seus erros em paz, sem aquele diretor malvado. gostei D+, e se passar na minha telinha de novo vou assistir com muito prazer.

  28. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Também está na minha lista de melhores adaptações 😀 Abração!

  29. Michel disse:

    Acabei de assisti nao comentarei simplesmente recomendarei….

  30. Neimar disse:

    Sem duvida alguma após anos do lançamento deste filme ,não se teve outro que contivesse um tema tão abrangente de como um ser humano se supera . por uma liberdade que lhe foi tirada injustamente e que retrata o mais puro e profundo sentimento de superação num ambiente que foi criado para animais não humanos.

  31. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Resumidamente falando; Filmaço, não é Neimar? rsrs Abraço!

  32. Kátia Cilene disse:

    Acabei de assistir esse filme, e digo mais, assistirei quantas vezes for preciso, pois ele nos mostra que ainda há esperança!!! Bjs de luz.

  33. RONALDO PINHEIRO DOS SANTOS disse:

    Hj, dia 03/02/17 ainda continuo assistindo esse filme… Ja assisti umas 15 vezes e sempre q vejo, paro tudo pra assistir..
    Excelente fie

  34. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Uma das melhores adaptações dele, sem dúvida. Tomara que nunca inventem de fazer um remake, porque esse não precisa rsrs. Obrigado pela visita e volte sempre Ronaldo!

  35. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Sem dúvida uma ótima adaptação, como disse para o Ronaldo ali em cima. Obrigado pela visita e volte sempre que quiser kátia!

Deixe seu comentário