Dicas do Tio King: Tess Gerritsen

Longos dias e belas noites, Sais!

Como vocês provavelmente devem saber Stephen King também tem os seus próprios ídolos, seja na música (AC/DC, Ramones etc.) ou na literatura, J.K. Rowling ganhou até referência no livro “A Torre Negra – Volume V: Lobos de Calla”. Considerando isso, nessa nova seção do site, falaremos sobre dicas (não só na literatura, como no cinema, tv e etc) que o rei sempre dá.  Começaremos apresentando uma escritora norte-americana que vem fazendo grande sucesso: Tess Gerritsen!

Tess Gerritsen se tornou uma das autoras Bestselling americanas da atualidade.  Formada em Medicina na Universidade da Califórnia. Depois que seus filhos nasceram decidiu largar a carreira médica e investir em sua vida profissional como escritora,  acredito que justamente a experiência adquirida como médica foi que lhe concedeu também o extremo poder das descrições em suas histórias, cuja maioria (a parcela que verdadeiramente lhe trouxe a fama) são do gênero policial.

Foi em 1987 que publicou seu primeiro livro intitulado “Call After Midnight”, ainda inédito em nosso país, mas foi em 1996 com a publicação de seu primeiro suspense médico (“Harvest”) que entrou para a lista dos mais vendidos do The New York Times.  Desde então a cada ano vem lançando ao menos um livro, característica muito semelhante ao nosso amado Steven.

Em seus primeiros livros foi comparada em demasia com Robin Cook, célebre escritor de suspenses médico, contudo em pouco tempo conquistou merecidamente sua independência se desvinculando desse laço comparativo e estabelecendo sua própria maneira de escrever, ganhando os méritos pelo seu próprio esforço e não por estar à sombra de outra pessoa.

Até o presente momento já foram lançados no Brasil 11 de seus livros. São eles:

Publicados pelo selo “Record”:

  1. *”O Cirurgião” (primeiro que foi traduzido e inicio da saga da policial Jane Rizzoli que futuramente se juntaria à legista Maura Isles).
  2. ”O Dominador”.
  3. ”Dublê de Corpo”.
  4. ”O Pecador”.
  5. ”Desaparecidas”.
  6. ”Gravidade”.
  7. ”O Jardim de Ossos”.
  8. ”O Clube Mefisto”.
  9. “Corrente Sanguínea”.

Publicado pelo selo “Harlequin Books”:

  1. ”O Delator”.
  2. ”Supostamente Culpada”. (Esse é o mais recente lançado no Brasil).

Para aqueles que ainda não a conhecem recomendo! É uma leitura muito boa. As cenas de crimes são descritas com grande minúcia, algo que valorizo muito nela, e suas personagens são cativantes. Rizzoli representa justamente a mulher moderna, decidida, dona de sua vida, destemida, em resumo, uma versão feminina de Dirty Harris (famoso personagem de Clint Eastwood nos cinemas). Enquanto a doutora Isles é mais um alívio para a seriedade de sua parceira de investigações.

Da lista acima os únicos que não li ainda foram  “O Delator” e “Supostamente Culpada”, mas do restante mantenho o meu pensamento como a declaração de Stephen King:

“Tess Gerritsen é leitura obrigatória em minha casa.” (S.K)

Pois é, Tio Stephen, agradeço por ter apoiado com suas palavras tão prodigiosa escritora!

Os livros de Tess Gerritsen frequentemente estão na lista dos cinco mais vendidos nos Estados Unidos e exterior.  Já ganhou dois prêmios: o “Nero Wolfe Award” (por “Desaparecidas”) e o “Rita Award” (por “O Cirurgião”).  Seus livros já foram traduzidos para 40 línguas e mais de 25 milhões de cópias já foram vendidas ao redor do mundo.

Atualmente a TNT está exibindo a série “Rizzoli & Isles” inspirada em seus livros.

Abaixo podem ser conferidas duas entrevistas (em inglês) da Tess Gerritsen. A primeira sobre suas impressões acerca do seriado e outra sobre seu processo de criação, a influência do seus estudos médicos na escrita e dicas para aspirantes à escritores:

.


Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

8 Responses to “Dicas do Tio King: Tess Gerritsen”

  1. Karen Alvares disse:

    Até agora eu só li “Supostamente Culpada”, do selo Harlequin, da Tess. Fiquei super empolgada porque tinha indicação do King na capa, mas quando li o livro, me decepcionei um pouco. Ela realmente descreve os crimes com precisão, mas esse livro, especificamente, é muito romance. E eu não gosto de romance demais. Acho que é porque é do selo Harlequin.
    Tô pensando em dar mais uma chance e ler algum que seja da Record. Logo no começo do livro que eu li, a autora também diz que no começo da carreira fez alguns livros românticos como aquele, mas que agora se dedicava mais a suspense.

  2. Dayana disse:

    Essa escritora é fantástica. Já li “Garavidade”,livro impressionante. Agora estou lendo “O clube mefisto”. É uma trama polícia que te prende a cada capítulo. Super recomendo Tess Gerritsen.

  3. Edilton Nunes Edilton disse:

    Também estou lendo “O clube mefisto” (dela já li “Desaparecidas”, “O Jardim de ossos” e “O cirurgião”, sendo que Desaparecidas foi o melhor, na minha opinião.

  4. Mariana Diaz disse:

    Amo Tess Gerritsen!
    Com toda certeza ela é uma das minhas autoras favoritas!
    Também já tive o prazer de ler todos os livros da lista, com a exceção de: “O Delator” e “Supostamente Culpada”.

    Mas já posso adiantar q eles já estão na minha lista para futuras aquisições. 😉

  5. Priscilla Rúbia disse:

    Bem legal, vou colocar na minha lista de desejados :3

  6. Franz Lima disse:

    Este é um ótimo post, não só por apresentar esta “nova” escritora, mas também por mostrar um pouco mais de Stephen King.
    No início do texto, cheguei a imaginar se a autora não seria uma versão feminina de Robin Cook, mas logo essa dúvida foi esclarecida. Enfim, alguém que tem a capacidade de atrair a atenção de um cara como King, portador de uma escrita e imaginação incríveis, merece, no mínimo, o nosso respeito e a conferência de seus trabalhos.
    Parabéns pelo post e a dica.
    Abraços.
    Franz.

  7. Lana Francielle lanafsipe disse:

    Estava pensando na Tess agora!! Confesso que li por indicação do Stephen King e não me decepcionei…

  8. Maria disse:

    O grande sucesso da TEss Gerritsen começou com os livros da dupla Rizzoli e Isles, que eu adoro. A detetive e a médica legista. Não deixem de ler a série que começa com “O Cirurgião”. É imperdível. Os outros, lançados pela Harlequin, são fraquinhos, começo de carreira, quando ela ainda estava na fase “romance de banca”.

Deixe seu comentário