A Torre Negra: O longo caminho para casa #02

olcpc2

Título Original: The Dark Tower: The Long Road Home #02
Título Traduzido: A Torre Negra: O Longo Caminho Para Casa #02
Publicação: 02/04/2008
Publicação no Brasil: 01/06/2009
Série: A Torre Negra
Arco: O Longo Caminho Para Casa
Edição: 02 de 05
Número de Páginas: Aproximadamente 30
Personagens: Roland Deschain, Cuthbert Allgood, Eldred Jonas
Editora: Marvel Comics
Equipe Criativa: Peter David e Robin Furth (Roteiro) / Jae Lee e Richard Isanove (Arte)
Arte de capa: Jae Lee

O segundo número desse arco de aventuras inéditas de Roland e seus amigos começa exatamente onde o primeiro terminou, com Sheemie feito de “refém” pelo robô no Dogan, onde algo estranho (uma espécie de “transferência de poder”) acontece. Em seguida somos apresentados a um Roland debilitado, assombrado constantemente em seus pesadelos dentro da Toranja de Merlin por um corvo misterioso que logo se revela sendo Marten, o feiticeiro que quase o transformou em um exilado.

De volta ao “mundo real” nos deparamos com Alain e Cuthbert lutando para levarem o amigo inconsciente de volta para casa enquanto atravessam ponte em precário estado de conservação. Cuthbert vai na frente com o seu cavalo, que não consegue fazer a travessia e se vê preso. Para que não se vissem mais atrasados ainda e consequentemente capturados pelos homens de Clay Reinolds em seu encalço, Cuthbert toma a cruel (mas necessária) decisão de sacrificar o animal. Com o caminho livre é a vez de Alain atravessar com Roland, porém, na metade do caminho Roland ataca Alain, pensando ser Marten. A Toranja de Merlin quase escapa de suas mãos, mas Alain, astuto como deve ser um Pistoleiro, consegue agarrá-la a tempo. Mas infelizmente, até mesmo os Pistoleiros não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo, e enquanto se distraia agarrando a Toranja de Merlin, Roland por pouco não escapa do seu alcance e cai no precipício. Ele é salvo no ultimo momento por Alain.

Quando finalmente conseguem atravessar a ponte, Cuthbert corta a corda e os garotos finalmente conseguem fugir, deixando para trás a horda de homens enfurecidos de Reinolds.

De volta ao Dogan nos deparamos com Sheemie recobrando a consciência aos poucos, após o encontro com o robô. Ainda um pouco atordoado e sem entender muito bem a situação, ele volta a vagar com seu jumentinho, quando, ao anoitecer, algo muito estranho começa a acontecer.

Neste segundo volume do segundo arco de aventuras do jovem Roland a qualidade da hq não deixa a Desejar. A equipe criativa que tão bem transpôs o quarto volume para os quadrinhos na série anterior segue com David nos roteiros, Lee nos desenhos e Isanove nas cores. A  única diferença um pouco mais notável que pude perceber foi na dinâmica da história, que nesse volume inédito (já que daqui para a frente a história não se trata de uma adaptação literal, apesar de abarcar acontecimentos mencionados de maneira bastante vaga nos livros) tornou-se mais dinâmica. Peter David optou dessa vez por mais tiros e desventuras e menos blá-blá-blá, tanto que a história desse segundo volume, assim como a do volume anterior, se desenvolve de maneira bem mais “agressiva”. Aqui Sheemie assume um papel de maior importância, deixando claro para o leitor que, apesar de aparentar ser um garoto um tanto quanto “devagar nos pensamentos”, ele será uma peça de vital importância para o desenlace da trama.

Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

Deixe seu comentário