Stephen King ao alcance de todos nas bibliotecas públicas de São Paulo

Uma ótima noticia para os fãs paulistas de Stephen King (e de literatura em geral). Foi finalmente concluída a informatização de todo o acervo das bibliotecas públicas da capital (o processo tinha começado em 2005), sendo que o mesmo agora se encontra disponível para consulta online (clique aqui para acessar o site oficial)… São ao todo 52 bibliotecas de bairro junto com a Mário de Andrade, a segunda maior biblioteca do país, quatro bibliotecas do Centro Cultural São Paulo, 10 ônibus-biblioteca, uma biblioteca do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso e 14 Pontos de Leitura. Atualmente é o maior sistema informatizado de catálogo de bibliotecas do país. Mas o que isso tem a ver com King? Em uma breve consulta verificamos que existem inúmeros livros do mestre disponibilizados nas bibliotecas (inclusive 12 exemplares do raríssimo “livros de Bachman”, com “fúria”, o famoso conto proibido). Então se você mora na capital e a grana está curta (principalmente no caso do “Bachman”, que em geral custa bem caro) agora não tem desculpa para não ler King. Escolha a biblioteca mais próxima de sua casa e divirta-se!

Vi no: livrosepessoas.com

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

2 Responses to “Stephen King ao alcance de todos nas bibliotecas públicas de São Paulo”

  1. Priscilla Rúbia disse:

    Putz, que inveja =\ Pior q a biblioteca aq de BH é bem longe de onde moro >:

  2. @cyberlivingdead disse:

    Poxa, que demais! É uma notícia super legal! A digitalização do acervo torna as bibliotecas muito mais dinâmicas e em pleno século XXI é algo necessário.

Deixe seu comentário