Dez coisas que devemos saber sobre a série “Sob a Redoma”.

1. Os produtores estão caracterizando o drama como “evento de TV do verão”, e com razão: Os efeitos especiais do episódio de estréia só apresentam amputações sangrentas, acidentes de carro e uma vaca brutalmente cortado pela metade quando a cúpula chega para selar a cidade fora do resto da sociedade. E haverá efeitos visuais maiores e melhores, como a enorme explosão que ocorrerá no segundo episódio…

2. Não poderemos chamá-la de minissérie. Enquanto a série de verão é de 13 episódios, os produtores acreditam que existe uma grande chance de continuar com uma  segunda temporada. Baer, ​​que observou que tanto a ER e agora Law & Order: SVU duraram 15 temporadas, e ele está otimista de que “Sob a Redoma” poderia seguir essa trajetória. “Espero que seja uma tendência”, Baer disse a repórteres com um sorriso após a triagem. Ele e Vaughan concordam que o formato mais adequado seria de 13 episódios cada temporada.

3. A história da série ocorrerá em espaço temporal maior que o relatado no livro. Vaughan disse que o King tem apoiado a idéia de estender a série bem além de seu livro, oferecendo um feedback positivo sobre desvios de sua história. “Quando começamos a falar com Stephen, sobre a idéia da cidade ficar presa por anos, ele respondeu que isso é algo que nós  poderiam começar a fazer , lembrou Vaughan , observando que pode exigir um final diferente para a série e que King  estava realmente animado com isso.”

4. Falando sobre o autor, os produtores observou que “Sob a Redoma” deve ter uma segunda segunda temporada e que King gostaria de escrever um episódio. Mas por enquanto, ele está contente em deixar Baer e Vaughan assumir a liderança.

5. Haverá respostas para as perguntas óbvias quase que imediatamente. Por exemplo,  a cúpula cobriu a cidade – então por que não podem os moradores escavar debaixo dela e sair por aí desse jeito? Procure a resposta para isso no segundo episódio. Os produtores disseram que vão responder logo no início.

6. Haverá morte. Enquanto o livro de King é notavelmente escuro, a série não perdeu muito quando o projeto saltou de Showtime (onde foi desenvolvido pela primeira vez) para corporativo irmão CBS. “Temos um ‘Conselho Heaven’ na sala dos roteiristas”, Baer observou, acrescentando que há “pelo menos uma pessoa no céu – talvez” até agora.

7. Vaughan disse que “Sob a Redoma” combina com o que tem de melhor no mundo de Stephen King e Steven Spielberg. “Steven Spielberg considera o que tem de  melhor na humanidade e Stephen King está sempre vendo o pior”, disse ele. “Mas há semelhanças: ambos são humanistas realmente agressivos que amam tanto as pessoas, que os jogam em situações extraordinárias para ver o que acontece.”

8. Sob a Redoma não será The Killing . A estréia apresenta dezenas de mistérios: a relação entre Big Jim (Norris) e seu filho afastado, Junior( Alexander Koch ), os jovens moradores têm convulsões e incontáveis ​​outros. “Fizemos um bom trabalho não amarrando todos junto, nós fizemos uma decisão consciente de que, se apresentar um mistério, vamos resolver isso para você antes de começar a introduzir novos”, Vaughan disse, notando ainda que haveria mistérios que poderia durar anos. “Vamos aprender muito sobre a cúpula até o final da temporada, mas talvez não teremos todas as respostas.”

9. Como os produtores observaram,  a série não é um drama pós-apocalíptico da mesma forma que os outros (ou seja, The Walking Dead ) é. Em vez disso, “Sob a Redoma” vai retratar o que acontece imediatamente após a cidade estar desligado do resto do mundo e o que acontece quando as pessoas já não estão sendo pagas para os seus empregos, quando o dinheiro no banco acaba e os recursos começam a esgotar. Ele vai manter a “alguns elementos da vida cotidiana”, disse Vaughan.

10. Como outras adaptações, há personagens novos que estão sendo adicionados. Entre eles, um casal de lésbicas com uma filha, que estão dirigindo na cidade e ficam presas com a chegada da cúpula. O objetivo, Baer observou, foi adicionar um enredo “socialmente relevante” para a série – que é definido em Anytown ,EUA , ao invés Maine, como no material original.

Sob a Redoma estréia às 10 horas de segunda-feira, 24 de junho na CBS.

Fonte: http://www.hollywoodreporter.com

Lana Francielle

Lana Francielle

Lana Francielle, fã de Stephen King desde a adolescência, começou a colecionar livros do Mestre desde 2002. Atualmente reside em Anápolis/GO e administra a comunidade Mundo Stephen King.

More Posts - Twitter - Facebook

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

2 Responses to “Dez coisas que devemos saber sobre a série “Sob a Redoma”.”

  1. Mikael disse:

    Acho interessante a série ter duas temporadas, mas espero que não seja mais do que isso. E realmente, eles precisam mudar o final, pois o final do livro não irá funcionar na série(pessoalmente, nem convenceu muito à mim). Não vejo a hora de estrear a série.

  2. Leandro disse:

    Acabei de ler e realmente e fantastico, Big Jim e um otimo personagem, mas como o Mikael disse tb acho que 2 temporadas e suficiente, mais que isso seria massante. Quanto ao final, tb nao me convenceu, como no livro “Celular” achei o final franco, nao ligaria se fosse mudado…

Deixe seu comentário