Livro da Semana: Charlie the Choo-Choo

Longos Dias e Belas Noites Leitores Fiéis! A resenha desta semana é especial, porque vamos falar do livro mais recente publicado por Ste… Digo… por Baryl Evans, ninguém mais ninguém menos do que o nosso querido CHARLIE THE CHOO-CHOO! Então pegue a pipoca, o refrigerante, sente confortavelmente em sua poltrona e saiba um pouco mais sobre este misterioso personagem que tem tudo a ver com um certo Blaine…

Como a maioria dos leitores e fãs da Torre Negra sabe, “Charlie The Choo-Choo” na realidade não existe (ou não existia). Trata-se de um livro fictício que aparece no terceiro volume da Torre Negra, “Terras Devastadas”. Quando Jake entra em uma livraria chamada “Restaurante da mente de Manhatan”, em Nova York, ele encontra o livro exposto ao lado de outros exemplares de livros infantis como “Alice no País das Maravilhas” e “O Hobbit”. A atenção dele é então chamada por um livro que possui uma locomotiva antropomórfica na capa com um sorriso “feliz” e um farol formando um olho convidativo. Ele pega o livro e não demora a perceber que o sorriso que parecia feliz no rosto de Charlie Choo-Choo na verdade não é tão feliz assim. Ele sente como se aquele monotrilho estranho guardasse algum segredo. O dono da livraria, um homem chamado Calvin Tower, acaba vendendo o exemplar de “Charlie the Choo-Choo” para Jake por 7 dólares.

charlie001

“Charlie The Choo-Chooo” narra a história de Bob Brooks, um maquinista de uma ferrovia chamada “Mundo Médio”, que trabalha no ramal de St. Louis até Topeka. Bob é considerado, na história, o melhor maquinista que a Ferrovia Mundo Médio já teve e seu trem, Charlie, o melhor monotrilho de todos.

charlie006

Charlie é uma locomotiva a vapor Big Boy 402 e Bob foi o único homem que teve permissão para comandá-la. Todos conheciam o característico apito do trenzinho e sempre que Bob e Choo-Choo passavam ficavam eufóricos, com exclamações do tipo “Lá vão Charlie e o Maquinista Bob, a dupla mais rápida entre St. Louis e Topeka”. As crianças, em particular, adoravam o maquinista e seu trenzinho e Bob sempre sorria e acenava para eles quando passava. Acontece que os dois tinham  um segredo; Bob era o único que sabia que Charlie Choo-Choo era na verdade um ser vivo. Bob descobrira isso um belo dia, enquanto faziam o percurso tradicional de St. Louis e Topeka, quando ouviu alguém cantando uma música bem baixa. Quando questionado sobre o motivo de Charlie nunca ter falado com ele antes, o trenzinho apenas respondeu;

Não me faça perguntas tolas,

Eu sou apenas um trem Chuu-Chuu

Eu não faço brincadeiras bobas.

E nunca vou ser como tu.

Quero apenas por aí correr

E ser um feliz trem Chuu-Chuu.

Até o dia em que eu morrer

Sob o brilhante céu azul.

O livro que narra a história de Charlie e do Maquinista Bob foi lançado oficialmente na San Diego Comic Con de 2016, em Novembro passado. Não há um número oficial, porém estima-se que cerca de 500 exemplares foram confeccionados para o evento. Destes 500, os 150 impressos primeiro foram assinados pela autora do livro, Baryl Evans (interpretada pela atriz Allison Davies), durante a Comic Con. Estes exemplares são mais raros, devido à quantidade limitada de cópias que foram impressas, porém há a versão comercial do livro, vendida na Amazon Brasil por cerca de 57 reais (capa dura) e 37 reais (ebook). Os exemplares que recebemos para resenha e sorteio fazem parte dos 150 autografados na Comic Con e foram enviados pelos nossos parceiros da Sony Pictures Brasil Tet Corporation, responsável pela produção do longa metragem da Torre Negra que será lançado em 2017 e que conta com Idris Elba (Roland Deschain) e Matthew Mcconaughey (O Homem de Preto) nos papeis principais.

charlie005

O livro tem 19 páginas e é uma cópia exata do exemplar que Jake adquire no Restaurante da Mente de Manhatam. Na página de créditos temos a informação que foi publicado originalmente em 1942 e que trata-se da quarta edição. Além do nome da autora na capa, não existe mais nenhuma informação sobre Baryl Evans atrás do livro ou em qualquer outra parte dele (assim como informações sobre uma provável editora), exatamente como é descrito o exemplar de Jake em “Terras Devastadas”. A diferença dele para a versão comercial do livro que falamos anteriormente, é que a versão comercial, além de uma citação de King na capa, também possui informações bibliográficas sobre a editora.

O livro veio ainda com um recibo de compra do próprio Restaurante da Mente de Manhatam onde constam o preço dele (mais impostos), a data da suposta compra (19/11/2016, que foi quando o livro foi lançado na Comic con), e um misterioso password, seguido de um recado:

Dad-a-chum, Dud-a-chee, nada com o que se preocupar, você já tem a chave. Dos seus amigos da Tet Corporation.

Se usado no aplicativo “Sombra Corp”, este password libera uma nova área para que você possa testar suas capacidades cognitivas e descobrir se, assim como Jake, você possui alguma habilidade psíquica especial.

sombra2

Através do aplicativo, também é possível encontrar um dos vários portais espalhados pelos multiversos da Torre Negra. Basta abrir o scanner e apontá-lo para a capa do livro;

sombra

“Charlie The Choo-Choo” trata-se de um exemplar único, que à primeira vista parece um simples livro infantil, mas quem acompanhou a saga de Roland e seus amigos provavelmente vai se divertir muito ao ter a oportunidade de ter em mãos um livro que até então só existia na mente imaginativa do Sr. Steve e no vasto universo que compõe a história da Torre Negra. E é claro que você, leitor fiel, terá a oportunidade de levar para casa este raro exemplar devidamente autografado. Para isto é necessário ter uma conta no Instagram, pois o sorteio será realizado por lá e as regras são simples;

1º: Ser seguidor dos nossos perfis no instagram: Stephen King BRSony Pictures Brasil.

2º: Indicar três amigos para participarem do sorteio, marcando-os, via comentário, no post oficial no link aqui.

3º: Cruzar os dedos e torcer.

O resultado do sorteio será divulgado no dia 19 de Janeiro de 2017. Boa sorte para todos!

Considerações sobre o sorteio:

  • Para cada comentário será atribuído um número. O sorteio será realizado com um gerador de números aleatórios e o comentário correspondente àquele número será o vencedor.
  • Cada participante pode comentar quantas vezes quiser, porém, para que seja considerado vencedor, o comentário sorteado precisa seguir as regras previamente impostas (conter pelo menos 3 indicações)
  • É necessário ser residente no Brasil.
  • Perfis Fakes, criados apenas com o intuito da participação em sorteios serão automaticamente desclassificados.
  • O vencedor do sorteio deverá encaminhar seus dados via mensagem direta, pelo próprio Instagram, para que possamos providenciar o envio do exemplar.
  • O vencedor terá até 48 horas úteis (levaremos em consideração o horário da realização do sorteio) para entrar em contato conosco. Caso isso não ocorra ele será automaticamente eliminado e outro sorteio será realizado.
  • Não há data específica estipulada para o envio do exemplar. Ele será realizado o mais breve possível, mediante a disponibilidade.
  • Qualquer infração das regras anteriormente citadas acarretará na desclassificação dos concorrentes, sem aviso prévio. Ao se comprometer em concorrer aos nossos sorteios o participante estará automaticamente aceitando as regras aqui impostas.

 

Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

6 Responses to “Livro da Semana: Charlie the Choo-Choo”

  1. Day Morais disse:

    Adorei! Vou começar a torre Negra agora em 2017… =) Participarei do sorteio e de dedos cruzados aqui.. rsrs

    Grande abraço!

  2. Franz Lima disse:

    Ganhando ou não, o que conta é a disposição deste site em disponibilizar uma obra de valor inestimável para os vários fãs de S. King. Que vença aquele que realmente mereça ter seus longos dias e belas noites acompanhados por esse fantástico livro.

  3. Marcus Silva disse:

    Prezado Edilton, boa tarde!
    Feliz Ano Novo!
    Gostaria que soubesse que sempre leio o que você publica, gosto do seu estilo de escrever.
    Em comum, além da avidez por Stephen King, uma admiração pelos seus claros textos. Entretanto, como não aderi aos demais dispositivos além do e-mail e do FaceBook, não participarei do sorteio, por não utilizar o Instagram.
    Meu único contato com o seu trabalho chega através de e-mails recebidos. Há algum outro?
    Vou, encerrando esta mensagem, visitar Amazon.com, embora não tenha lido nada da série Torre Negra.
    Agora, antes da despedida, chegou à memória. No livro Misery, Paul Sheldon também escreve dentro do original, um livro acessório, por exigência da mórbida Annie Wilkes.
    Abraços, parabéns e obrigado pela dica!
    Marcus Antonio

  4. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Obrigado pelo comentário Franz. Devido a alguns percalços, estou impossibilitado de fazer o sorteio (perdi meu emprego, arranjei outro e agora estou mega ocupado no outro rsrs). Mas tão logo puder eu farei. Não esqueci não. Boa sorte meu amigo. Abraço!

  5. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Devido a alguns problemas pessoais o sorteio ainda não foi realizado, mas assim que puder farei. Não esqueci dele não rsrs. Obrigado pela visita! Abraço!

  6. Edilton Nunes Edilton Nunes disse:

    Que bom Marcus. Fico muito feliz por sua visita. Ultimamente tenho andado com pouco tempo para administrar o site, mas assim que possível farei o sorteio e divulgarei o resultado aqui. Abraço grande e volte sempre!

Deixe seu comentário