OFF: Perguntas e Respostas sobre o Kindle, o leitor de livros digitais da Amazon

Muitas pessoas me perguntam sobre quais são as vantagens de se utilizar um leitor de livros digitais (no meu caso, o Kindle 4). Minha primeira resposta é a que se você domina bem o inglês (ou mesmo se está aprendendo) é a maneira mais econômica de ler livros nesse idioma… Mesmo se você não sabe patavinas de inglês, sempre há a possibilidade de carregar uma verdadeira biblioteca em nosso idioma embaixo do braço e acessar seu livro preferido com poucos cliques (isso me foi muito útil quando me aventurei a ler “Dança da Morte” e “IT”). É claro que nada substitui o prazer original de se ter um livro em mãos, folhear as páginas, sentir o cheiro e a textura do papel velho (ou novo), exibir uma capa legal para aquele seu amigo curioso… Mas o que posso adiantar é que a leitura no Kindle se aproxima e muito da leitura em um livro real, chegando ao absurdo de ser menos cansativo ler um livro no e-reader do que um livro de verdade.

Mas o que é um Kindle?

Apesar do relativo sucesso do aparelho no meio literário, muitas pessoas ainda não conhecem ou não sabem do que se trata. Resumidamente falando, o Kindle é um e-reader, ou seja, um aparelho eletrônico feito especialmente para a leitura de livros, jornais, revistas e blogs. Devido a uma tecnologia chamada E-ink (popularmente conhecida como “tinta eletrônica”) a tela do Kindle é completamente diferente de um aparelho comum, como um celular ou um tablet. Por não emitir luz própria ela se assemelha muito com a folha de um livro de verdade (e por isso você também sempre vai precisar de uma fonte de luz para poder ler, como em um livro de verdade). É importante lembrar que o Kindle, como eu já citei anteriormente, NÃO É UM TABLET. Apesar de funcionar muito bem com o serviço integrado de compra de livros direto da Amazon e de possuir um navegador experimental, ele não é indicado para acessar páginas mais complexas e nem serve para ver vídeos ou um conteúdo mais pesado. É um aparelho projetado especificamente para a leitura (com o wirelles desligado a bateria dele chega a durar um mês, dependendo do quanto você vai ler por dia). Segue abaixo um pequeno preview que achei no youtube mostrando as especificações técnicas do modelo mais recente, o Kindle 4.

Como adquiro o meu?

Particularmente falando, indico três opções: A primeira é comprar diretamente pelo site www.amazon.com. A versão mais básica (com botões laterais e centrais e wi-fi) sai para o Brasil por 109 dólares. Entretanto, somando-se a isso o valor do frete (cerca de 20 dólares, aproximadamente) e o valor dos impostos, chegamos a um valor nenhum pouco agradável de mais de 240 dólares (algo em torno de 480 reais). A vantagem é que em aproximadamente três dias o aparelho já está em sua casa e a garantia dada pela Amazon, segundo o que pude pesquisar antes de comprar o meu, é uma maravilha. Ao invés de mandarem o seu aparelho para o conserto, como acontece aqui no Brasil, eles geralmente enviam um novo para você.

A segunda maneira é comprando direto aqui do Brasil, via Mercado Livre. O valor acaba sendo quase o mesmo, com a ressalva de que sai um pouco mais caro, caso você queira parcelar sua compra, pois dá pra fazer isso com o mercado pago, diferente do que seria se você comprasse direto da Amazon. O aparelho é o mesmo (vem lacrado), com a diferença de que a garantia dada pelos vendedores é bem menor (enquanto a da Amazon é de um ano a dos vendedores do mercado livre é de 3 meses). Mas creio que dependendo do vendedor isso não seja impedimento. O meu comprei pelo mercado livre, há aproximadamente seis meses, e até hoje (graças a Deus) não tive nenhum problema com ele.

A terceira maneira é comprando direto de algum parente seu que more por lá e pedindo para que ele lhe envie como presente. Sai bem mais barato (79 dólares, sem o frete). Minha colega Renata pode dar mais detalhes sobre isso. Quem quiser pode entrar em contato com ela pelo email: renata19natal@gmail.com

Há ainda uma quarta maneira, que é esperar pela chegada da Amazon aqui no Brasil (prevista para meados de Setembro desse ano). Segundo alguns boatos que pude acompanhar na internet, o valor inicial da venda do Kindle aqui no Brasil será de R$199,00 (posteriormente esse valor deverá baixar mais ainda, para R$149,00, dependendo de como se comportará o mercado de ebooks após a chegada da gigante dos livros).

Atualizado: A amazon chegou nesse mês de Dezembro de 2012 no Brasil e trouxe o Kindle 6 por agradáveis R$299,00. O aparelho pode ser adquirido nas lojas físicas da Livraria da Vila ou pelo PontoFrio.com.br com frete grátis para o Brasil todo.

Quais formatos o Kindle lê?

Kindle (AZW), TXT, PDF, MOBI (formato próprio do kindle), PRC natively; HTML, DOC, DOCX, JPEG, GIF, PNG, BMP. O formato que mais recomendo é mesmo o MOBI, já que a formatação dos livros se adequam mais facilmente às configurações do Kindle nesse formato. Se o seu ebook não estiver originalmente nesse formato você pode convertê-lo (recomendo o uso do programa Calibre)

Posso passar os livros do meu computador para o meu Kindle ou tenho que comprá-los novamente?

Apesar de possuir um serviço muito eficiente de venda de livros para o Kindle em sua loja virtual (dando até a possibilidade do leitor folhear uma prévia do livro e de adquiri-lo, caso goste, em menos de 60 segundos) você não precisará necessariamente comprar seus livros na loja deles. Há uma entrada USB na parte inferior do aparelho que permite administrar (enviar, copiar ou excluir) seus livros de maneira prática e rápida e que serve ainda para recarregar seu aparelho.

A máquina esquenta, tornando desagradável segurá-la, como um notebook?

Não. Por ser um aparelho que consome pouquíssima energia (apenas no momento em que mudamos de página) esse tipo de problema não acontece. Você pode ler durante horas ininterruptas que o aparelho não vai esquentar.

Posso administrar meus livros no próprio aparelho?

Sim. O Kindle possui diversas opções para personalização de conteúdo. Você pode criar pastas, separando seus livros da maneira que quiser (por gêneros, autores e tudo mais o que lhe der na telha). Além disso você também recebe uma conta na amazon com alguns gigas para que você possa armazenar seus livros na nuvem, para que não ocupem espaço no Kindle (mas você só vai poder lê-los quando selecionar a opção, na sua conta, para enviar o livro para seu aparelho).

Todo conteúdo da Loja da Amazon é pago?

“UR”. Novela escrita por S.K especialmente para o Kindle

Nem todo. Tem muita coisa gratuita, principalmente livros de domínio publico. Basta digitar no campo de busca, no seu Kindle, termos como “Free books” ou “Free portuguese books” caso queira encontrar livros gratuitos em português. Além disso também há a vantagem dos ebooks terem valores bem mais em conta do que os livros físicos (pelo menos os da Amazon, já que ebooks em lojas brasileiras ainda são extremamente caros, salvo raras exceções)

Posso ler meus livros em em PDF nele?

Pode. Entretanto, não é o melhor formato. O ideal é converter seus livros com o Calibre para .MOBI, pois não há a possibilidade de alterar o tamanho e nem o tipo da fonte (como há no formato .MOBI) e o Zoom do aparelho para formatos em PDF pode ser um pouco cansativo (principalmente para a versão básica, que não possui touchscreen). Também não há a possibilidade de fazer anotações ou selecionar trechos nos livros em PDF, já que eles funcionam basicamente como uma imagem.

Posso fazer anotações nos livros?

Sim. Com a ajuda do teclado virtual você pode fazer anotações num determinado trecho do livro ou, no final da leitura, opinar sobre o livro que você leu. Você também pode destacar trechos que quiser dos seus livros, exatamente como num livro de verdade. Além disso você ainda tem a opção de compartilhar esse conteúdo em seu perfil no twitter ou facebook. Caso você não saiba o significado de uma palavra também há a opção de utilizar o dicionário. Basta apontar o cursor do aparelho para a palavra deseja para que o significado dela apareça.

Por que a leitura nele é menos cansativa do que em um livro?

Aqui deixo minha impressão pessoal. A maior parte dos livros utiliza folhas brancas. O contraste com a fonte preta das palavras é maior, forçando mais a visão. No Kindle o fundo é de um cinza bem claro, mas que, ao meu ver, é bem mais agradável e incomoda bem menos do que um livro de verdade. Sem contar que ele é bastante leve e, graças aos botões laterais, você pode lê-lo tanto com a mão esquerda quanto com a direita.

Resumindo…

Antes de comprar o meu aparelho eu era bem descrente com relação a ebooks. Nunca senti prazer algum lendo um livro em um PC, celular ou mesmo num tablet. Felizmente quando adquiri o Kindle mudei completamente minha visão e agora sou um firme adepto (sem largar meus livros físicos, é claro) dos ebooks. Sempre que posso procuro intercalar a leitura, entre um livro físico e um ebook. Sem contar que há inúmeras vantagens, como ter acesso a conteúdos que dificilmente eu teria (livros raros ou que ainda não foram traduzidos para português ou mesmo traduções de fãs de Stephen King e outros autores que gosto, por exemplo), carregar vários livros de uma só vez, consultar instantaneamente o significado de uma palavra que eu não conheça, sem precisar carregar um dicionário do lado, e outras “N´s” vantagens que você só vai descobrir depois que começar a utilizar o seu.

Bom, então é isso… Qualquer dúvida, sugestão ou crítica, basta entrarem em contato comigo pelo email edilton@stephenking.com.br ou, se quiserem, podem deixar suas perguntas nos comentários desse post que responderei assim que puder.

Longos dias e belas noites para todos!

Edilton Nunes

Edilton Nunes

Graduado em Letras pela UEG (Universidade Estadual de Goiás), viciado em literatura de terror/suspense, amante incondicional de séries e Hq´s e fã de carteirinha do mestre Steve há pelo menos 20 anos.

More Posts - Website - Twitter

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

4 Responses to “OFF: Perguntas e Respostas sobre o Kindle, o leitor de livros digitais da Amazon”

  1. Wanderson disse:

    Ele é totalmente em “escala de cinza”, inclusive as capas?

  2. Edilton Nunes Edilton disse:

    Sim Wanderson. Para se aproximar ao máximo dos livros físicos e economizar batéria também ele é todo em preto, branco e cinza.

  3. Barbara disse:

    Para converter os arquivos não é necessário usar outro programa não
    o que eu faço é mandar um email para o seu kindle, aquele email que vc cria na conta da amazon, com o arquivo anexado e o assunto da mensagem como CONVERT
    o arquivo volta para o seu email convertido e também já é “entregue” diretamente no kindle

  4. Edilton Nunes Edilton disse:

    Mas se eu não me engano tem uma taxinha que você paga pra fazer isso (ou pelo menos tinha antes).

Deixe seu comentário